caminhos

Comum hoje, muito comum, encontrarmos pessoas que acham que “desde que eu seja feliz o que que tem” ou “mas eu não estou prejudicando ninguém “.  Vivemos a cultura do tudo é permitido e realmente a própria palavra de Deus vem nos dizer em 1 Coríntios que tudo nos é permitido,  entretanto essa mesma palavra segue dizendo algo que muita gente desconsidera: mas nem tudo me convém. “Tudo me é permitido, MAS NEM TUDO ME CONVÉM”.  Tudo nos é permitido por que somos filhos de um Deus cheio de amor e misericórdia que nos criou livres, mas como filhos de Deus que somos temos que ter a certeza de quem nem tudo nos cabe. Há certas coisas que mundo nos oferece ou mesmo nos impõe que não convém a filhos de Deus amados e resgatados a preço de sangue. O mesmo Deus que nos fez livres também nos fez inteligentes para saber que nem tudo nos faz bem, que aliás existem coisas que nos fazem muito mal e fazem mal aos que nos cercam. Infelizmente, muitas vezes fechados no nosso mundinho não percebemos que nossas escolhas além de nos afetar afetam as pessoas ao nosso redor, toda a sociedade e colocam em risco a nossa salvação e a de outros. Hoje mesmo, ouvi um relato de uma pessoa que contou que quando tinha 11 anos de idade seu tio o deixou embriagar-se de vinho, “tomar um porre”, como ele disse, hoje essa pessoa é um alcoólatra em recuperação, perdeu boa parte de sua vida, que não mais poderá ser recuperada, sofreu e ainda sofre com os erros cometidos e principalmente, sofre por ter magoado as pessoas ao seu redor. “Mas o que que tem, é só um “pilequinho”, que mal pode fazer”?!

Já ouvi muitas pessoas que dizem: “o corpo é meu, faço dele o que eu quero”, entretanto a palavra de Deus vem nos dizer: “Mas o corpo não é para a devassidão, ele é para o Senhor e o Senhor é para o corpo. Ora Deus, que ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará também pelo seu poder”. I Cor. 6, 13b-14). Somos membros do corpo de cristo e quando tratamos com desrespeito nosso corpo estamos fazendo o mesmo com o corpo do Senhor, se nos prostituímos, e aqui não estou apenas falando do sexo por dinheiro, mas todo o sexo desregrado, quando assim agimos estamos também prostituindo o corpo de Jesus. Quando nos drogamos, quando nos vestimos de forma indecente, quando fumamos, todas as vezes que pecamos contra nosso corpo estamos manchando o corpo de Cristo, do qual somos membros. Nosso corpo é Templo do Espirito Santo, morada de Deus, só é nosso, por que foi amorosamente nos dado, como nos diz o Monsenhor Jonas: “Observe o que o Senhor fez com você! Assuma isso, e viva a beleza do que Ele fez por você. Você foi resgatado! Você foi resgatada! Não perca mais o que o Senhor resgatou”.

Tomemos cuidado irmãos com a cultura do relativismo, com o tudo pode, pois muitas vezes em nome dessa falsa liberdade nos tornamos escravos do mundo. Hoje em nome da “liberdade” da mulher muitas crianças perderam o direito de nascer. A liberdade não se faz com a injustiça, com a morte. A verdadeira liberdade é aquela que gera vida, que não deixa gosto amargo na boca no dia seguinte, que não deixa vazio no coração quando deitamos a cabeça no travesseiro, que não deixa consciência pesada, que não nos causa tristezas, arrependimentos e dores.

Peçamos ao Senhor da vida e da verdadeira liberdade que saibamos viver como filhos e filhas verdadeiramente livres, que não nos deixemos nos escravizar pelas falsas liberdades do mundo e se assim temos agido até hoje, deixando feridas e mágoas em nosso coração, sempre podemos recomeçar através do sacramento da confissão.

Lembre-se; “Tudo me é permitido”, mas nem tudo  convém. “Tudo me é permitido”, mas eu não deixarei que nada me domine.

(1 Coríntios 6:12)

Alzira A. Silvério, GOJ Água Viva

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s