Image

Nesta semana comemoramos Pentecostes, cinquenta dias após o domingo da Páscoa. Pentecostes que é a vinda do Espírito Santo sobre Maria e os Apóstolos no Cenáculo.  Como verdadeiros fiéis, acreditamos no Espírito Santo, mas será que sabemos o que ocorreu no dia de Pentecostes?

113 – O que significa “crer no Espírito Santo”?

Crer no Espírito Santo significa adorá-l’O do mesmo modo que ao Pai e ao Filho. Significa crer que o Espírito Santo vem ao nosso coração para, como filhos de Deus conhecermos o Pai do Céu. Movidos pelo Espírito de Deus, podemos mudar a face da Terra. [683-686]

Antes da Sua morte, Jesus prometera aos discípulos dar-lhes um <<outro advogado>> (Jo 14,16) quando não estivesse mais com eles. Quando, então, o Espítrito de Deus foi derramado sobre os discípulos da Igreja primitiva, eles compreenderam a que Se tinha referido Jesus. Eles fizeram a experiência de uma profunda segurança e alegria na fé, e obtiveram determinadosà CARISMAS, como profetizar, curar e realizar milagres. Até hoje tem havido pessoas na Igreja que possuem tais dons e fazem essas experiências.

118 – O que aconteceu no dia de Pentecostes?

Cinquenta dias após a ressurreição, o Senhor enviou do Céu o Espírito Santo sobre os Seus discípulos. Começou, então, o tempo da Igreja. [731 – 733]

No dia de à PENTECOSTES, o Espírito Santo fez, de medrosos Apóstolos, corajosas testemunhas  de Cristo. Num curtíssimo espaço de tempo fizeram-se batizar milhares de pessoas. Era o nascimento da Igreja! O milagre pentecostal das línguas revela que a Igreja, desde o princípio, está aberta a todos, é “universal” ( palavra latina que traduz o termo “ católico”, de origem grega”) e, por conseguinte, missionária. Ela dirige-se a todas as pessoas, supera fronteiras étnicas e linguísticas, e pode ser entendida por todos. Até hoje, o Espírito Santo tem sido o “elixir vital” da Igreja.

120 – O que faz o Espírito Santo na minha vida?

O Espírito Santo abre-me a Deus, ensina-me a rezar e ajuda-me a estar disponível para os outros. [738-741]

<<O silencioso hóspede da nossa alma>> – assim chama Santo Agostinho ao Espírito Santo. Quem o quer sentir tem de fazer silêncio. Muito frequentemente, este hóspede fala baixinho em nós e conosco, porventura pela voz da nossa consciência ou através de impulsos interiores ou exteriores. Ser “templo do Espírito Santo” significa estar de corpo e alma disponível para este hóspede, para Deus em nós. Portanto, o nosso corpo é, em certa medida, a sala de estar de Deus. Quanto mais nos abrimos, dentro de nós, ao Espírito Santo, tanto mais Ele se torna o mestre da nossa vida, tanto mais Ele Se torna o mestre da nossa vida, tanto mais Ele nos concede os Seus à CARISMAS, também hoje, para edificação da Igreja. Desta forma, crescem em nós, ao invés das à OBRAS DA CARNE, os à FRUTOS DO ESPÍRITO.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s