Talvez você já tenha lido, ou ouvido muitas vezes a passagem bíblica que narra a ressureição de Lazaro, irmão de Marta e Maria, amigos muito queridos de Jesus, mas se ainda não leu e desejar faze-lo está no evangelho de São João 11 1-44. Relendo essa narrativa outro dia senti o quanto Deus nos fala através dela.

O Primeiro ponto que me chamou atenção foi quando Jesus recebe a noticia de que Lazaro está doente e afirma “Esta enfermidade não causara a morte, mas, tem por finalidade a glória de Deus. Por ela será glorificado o filho de Deus.” Nesse ponto o que Deus quer nos dizer é que muitas vezes murmuramos por causa das nossas enfermidades, sejam elas físicas ou espirituais, reclamamos diante dos nossos sofrimentos e problemas, mas  tudo o que vivemos é para a glória de Deus. Aqui Jesus nos convida a sofrer com resignação, a aceitar o sofrimento, a abraçar a cruz com amor, pois, por meio dos nossos sofrimentos muitos serão salvos, serão tocados e voltarão para Deus. Precisamos claro sofrer com amor, assim como Jesus fez no Calvário. É para a Glória de Deus e no momento certo Ele vai agir, basta confiar e esperar.

Mais além a Palavra de Deus vem nos dizendo “Ora Jesus amava Marta e Maria sua irmã e Lazaro, mas embora tivesse ouvido que ele estava doente permaneceu ainda mais três dias no mesmo lugar onde estava.” Na maioria das vezes diante das dificuldades, mesmo quando rezamos, entregamos para Deus e as soluções dos nossos problemas não acontecem, na nossa humanidade a tendência é pensar que Deus não nos ouviu por que não nos ama, mas não é verdade, Deus nos ama com amor eterno e incondicional e se muitas vezes Ele permite que algumas situações, muitas vezes doloridas, se prolonguem na nossa vida é por que os sofrimentos nos purificam nos santificam, nos aproximam de Deus e muitas vezes aproximam também outras pessoas, sejam eles nossos familiares, nossos amigos ou mesmo pessoas que nem conhecemos, quando oferecemos nossos sofrimentos a Deus é possível que através disso pessoas que moram do outro lado do mundo sejam salvas.

Deus não está distante de nós, essa passagem nos confirma isso quando no versículo dezoito (e também através de uma nota de roda pé da sagrada escritura) diz que quando Jesus recebeu a noticia de que Lazaro estava doente Ele se encontrava apenas três quilômetros de Betânia. Deus não se distancia nunca, apenas espera a hora certa para agir.

Ouvindo que Lazaro estava doente Jesus permaneceu ainda três dias no local onde estava. Aqui primeiro vemos a calma de Nosso Senhor diante da situação, calma que demonstra confiança no Pai. Aqui Jesus nos ensina como agir diante das dificuldades, sem desespero, mas, com tranquilidade, com a calma que só a fé madura pode nos dar. Podemos ainda tirar mais um aprendizado aqui, a passagem fala em três dias. Precisamos lembrar que o nosso tempo é diferente do tempo de Deus. Como diz uma canção “Deus tem um tempo para agir e para curar.” Esse tempo as vezes nos custa, dói mas se faz necessário, Deus sabe melhor do que nós se o que estamos pedindo será bom para nós e sabe a melhor hora para nos dar, muitas vezes estamos pedindo uma graça para a qual ainda não estamos preparados para receber e Deus espera pacientemente que estejamos prontos para isso, exatamente, não somos nós que esperamos o tempo de Deus é Ele que espera o nosso, respeitando nossas escolhas e liberdade e se permitirmos nesse tempo ele vai trabalhando em nós como o oleiro modela o barro até esse se transformar em um lindo vaso.

A palavra de Deus através do apóstolo João nos diz ainda: “Quem caminha de dia não tropeça, porque vê a luz deste mundo. Mas quem anda de noite tropeça, porque lhe falta luz.” Aqui Jesus não está se referindo a noite e o dia tal como conhecemos, acredito que Ele esteja falando que nada tinha a esconder e por isso não tinha medo, sua consciência estava tranquila. Assim também devemos todos nós andar, precisamos viver sempre a luz de Deus, a luz do Espirito Santo, sem nada a esconder, vivendo a verdade. Devemos como cristão andar de cabeça erguida, por nossa própria consciência, para que sejamos testemunhos aos nossos irmão e principalmente por ser essa a vontade de Deus a nosso respeito.

No versículo onze Jesus diz: “Lazaro, nosso amigo dorme, mas vou despertá-lo.” Jesus quer também nos despertar dos nossos pecados, do nosso comodismo, da nossa indiferenças, da nossa preguiça espiritual, do nosso egoísmo, dos nossos medos e inseguranças, de tudo o que vem nos mantendo mortos espiritualmente, adormecidos para Deus e para tudo o que Ele tem para nós, as graças que Ele quer derramar em nossa vida, as curas que precisamos o chamado de Deus para nós que muitas vezes não ouvimos por estarmos dormindo, Deus tem uma missão para cada um de nós, precisamos despertar e ouvir o que Ele quer, claro que não vamos conseguir isso sozinhos, precisamos pedir a Jesus, pedir ao Santo Espirito de Deus que nos anime, que nos acorde e a partir dai ficarmos em pé e caminhar, perseverar sempre na oração, vigiando. Mais adiante Jesus vem reforçando essa promessa quando diz “Eu sou a ressurreição e a vida aquele que crê em mim, ainda que esteja morto viverá. E todo aquele que vive e crê em mim jamais morrerá.” Jesus impõe uma única condição que Creiamos, basta ter fé. Aqui vale lembrar que Jesus está falando também da vida eterna. Tudo o que vivemos aqui nesse mundo é passageiro e precisamos trilhar o caminho da fé e da perseverança para chegarmos ao céu.

No capitulo vinte, Marta sai ao encontro de Jesus:  “Mal soube Marta da vinda de Jesus saiu-lhe ao encontro. Maria porém estava sentada em sua casa.” A cena que se segue é linda demais, é a parte mais linda desse evangelho. Marta vai ao encontro do mestre, mesmo na dor ela se levanta e vai ter com o Senhor, lamenta por Jesus não ter estado ali, mas, declara sua fé: “Mas sei também que tudo o que pedirdes a Deus, Deus te concederá.”  E em troca dessa fé obtém do Senhor a promessa: “teu irmão ressurgirá.” Diante dessa promessa Marta não fica parada, ela corre ao encontro de Maria que estava em casa chorando a sua dor, essa é a lógica de Deus, quando no encontramos com Ele, quando temos a nossa situação de morte transformada em promessa de vida precisamos ir ao encontro do irmão que sofre e anunciar: “O mestre está ai e te chama.” Quando nos encontramos com Deus precisamos anuncia-lo aos que necessitam. Maria estava sofrendo, precisava de Deus e Marta foi essa ponte entre Maria e Jesus. Essa é a ordem de Deus para nossa vida: anuncia-lo aos que necessitam da sua graça e de seu amor, é preciso gritar ao mundo: O MESTRE ESTÁ AI E TE CHAMA. Essa é a nossa missão. Jesus nos convida a anunciar.

“Quando Maria ouviu isso, levantou-se depressa e foi ao encontro de Jesus.” Maria estava de luto, sofrendo, mas precisou levantar-se de sua tristeza, de sua prostração e ir ao encontro do Senhor para que a graça, o milagre da ressureição acontecesse. Na nossa vida também é assim precisamos, como Marta e Maria nos levantarmos dos nossos pecados, da nossa tristeza e ir ao encontro de Jesus para que Ele nos ressuscite.

Ainda antes de ressuscitar Lazaro, quando Maria se coloca de joelhos diante do Senhor e chora vemos que Jesus se comove com a sua dor e chora também. Assim é na nossa vida se colocarmos as nossas dores, mágoas e decepções aos pés do Senhor Ele não nos deixara chorar sozinhos e principalmente ele agirá assim como fez nessa passagem onde em seguida ele ressuscita Lazaro, chamando-o a vir para a vida. Antes ainda chamou-me a atenção o fato de as pessoas não querem tira a pedra que fechava o tumulo, pois Lazaro já cheirava mal, muitas vezes temos vergonha se expor nossas misérias, nossas podridões ao Senhor, por medo, vergonha, mas Deus nos convida a abrirmos nosso coração pois ele quer nos ressuscitar para uma nova vida. Abra-se e presencie o milagre acontecer. O MESTRE ESTÁ AI E TE CHAMA! Esse ai, onde Jesus está te chamando, te esperando, pode ser na Santa Missa ou no grupo de oração da sua comunidade, em uma confissão, em um retiro ou mesmo no silencio do seu quarto. Ele espera que você se se prostre ao pés dele e chore toda sua dor sem nem um receio, sem nem uma vergonha confiante na ressurreição que Ele pode realizar na sua vida.

Alzira, GOJ Água Viva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s