Pedro e João iam subindo ao templo para rezar à hora nona. Nisto levavam um homem que era coxo de nascença e que punham todos os dias à porta do templo, chamada Formosa, para que pedisse esmolas aos que entravam no templo. Quando ele viu que Pedro e João iam entrando no templo, implorou a eles uma esmola. Pedro fitou nele os olhos, como também João, e disse: Olha para nós. Ele os olhou com atenção esperando receber deles alguma coisa. Pedro, porém, disse: Não tenho nem ouro nem prata, mas o que tenho eu te dou: em nome de Jesus Cristo Nazareno, levanta-te e anda!      

E tomando-o pela mão direita, levantou-o. Imediatamente os pés e os tornozelos se lhe firmaram. De um salto pôs-se de pé e andava. Entrou com eles no templo, caminhando, saltando e louvando a Deus. (At 3, 1-7)

 

Essa passagem narra a história de como Jesus, através de Pedro, cura um homem coxo, ou seja, que não conseguia andar. Eu já havia ouvido e lido essa passagem outras vezes, mas a palavra do Senhor é sempre nova para nós, e cada vez que a buscamos, o Espírito Santo nos fala coisas novas através das sagradas escrituras, e hoje essa palavra foi libertadora na minha vida e senti o desejo de partilhá-la pedindo a Deus por você que lê essa mensagem nesse momento, para que assim como foi para mim, essa palavra te levante.

O que mais me chamou atenção nessa palavra é que o homem era deixado na porta do templo para pedir esmolas, era “deixado,” e era deixado na porta, ou seja, do lado de fora e provavelmente, embora a passagem não diga, mas é provável que no final do dia alguém fosse buscá-lo, o que o tornava completamente dependente, e por isso se sujeitava a ficar lá, na porta do lado de fora, o dia todo, mendigando. Quantas vezes amado e amada, pelas situações da vida, pelos acontecimentos do dia a dia, por algumas pessoas que passam na nossa vida, pelos nossos próprios pecados, pelas decisões erradas que tomamos pela nossa falta de fé, pela nossa falta de amor próprio, pela nossa falta de oração, pela falta de perdão, a nós mesmos, aos irmãos e muitas vezes até mesmo a Deus, enfim por tantas coisas, situações e pessoas, nós somos deixados à margem, á porta, do lado de fora da vida, pedindo esmolas, e o pior é que nós nos sujeitamos a isso, nós nos acostumamos, baixamos a nossa cabeça e ficamos “lá” pedindo esmolas, mendigando, nos contentamos com pouco, com o resto.

Quantas vezes eu já fiz isso. E te pergunto quantas vezes você já fez isso? Quantas vezes, esquecendo-nos que temos um salvador, um libertador, que já nos libertou e por isso somos livres, não dependemos de nada ou de ninguém a não ser do Senhor, nós permanecemos dependentes, a margem da vida, mendigando, esmolando o amor a atenção das pessoas, os restos que o mundo tem para dar, continuamos a comer a lavagem dos porcos quando na casa do pai tem pão em abundancia, como nos fala a passagem do filho pródigo (Lc 15, 11ss) e nem ao menos cogitamos a possibilidade que pode ser diferente nos acostumamos com os restos, com as esmolas do mundo, e como nos acostumamos a mendigar, mendigamos até e principalmente para Deus, nas nossas orações nós mendigamos, ao invés de pedir e acreditar em um milagre, que o Senhor tem para nós ficamos pedindo bobagens, pedindo pouco, não ousamos na nossa oração, não ousamos rasgar o nosso coração e clamar um milagre, parece que temos medo do que o Senhor tem para nós e por isso preferimos continuar a mendigar e ainda ousamos reclamar que Deus não nos atende. Não nos atende por que não tem nem o “ouro” e nem a “prata” que estamos pedindo para Ele, e quando falo do ouro e da prata não estou me referindo a bens materiais, nesse caso estou falando das coisas que o mundo nos oferece, ou mesmo das coisas que achamos que e importante, mas que Deus sabe que não é para o nosso bem, que vai nos desviar do caminho Dele.

Deus tem muito mais do que estamos ousando pedir e hoje, assim como Pedro e João olharam para aquele homem a porta do templo, o próprio Jesus quer nos olhar, quer olhar para mim, quer olhar para você que lê essa mensagem, quer olhar com Seu olhar misericordioso, tomar-nos pela mão e nos  levantar, nos fazer caminhar.  Eu não sei do que você precisa se levantar o que tem te paralisado, se é a falta de fé, a falta de oração, a falta de perdão, se é a tua afetividade, a tua sexualidade, os problemas na tua família, com teus pais, eu não sei, mas tenha coragem de agarrar a mão de Jesus que está estendida para você e se levante, assim como Pedro falou aquele homem, e assim como essa palavra veio falar ao meu coração hoje, eu ouso dizer para você, em nome de Jesus Nazareno, levanta-te e anda!  Levante-se quantas vezes for preciso, pois todas as vezes que você cair Jesus vais estar lá com a mão estendida para que você segure-se na mão Dele, levante e ande novamente, e de novo e de novo e quantas vezes forem necessárias. O importante é não ficar no chão, cair nós vamos cair sempre, mas em nome de Jesus, podemos nos levantar sempre também!

 

Que Deus abençoe você! E em nome de Jesus nazareno levanta-te e anda!

 

Alzyra Silvério

G.O.J. Água Viva

Pato Branco – PR

One response »

  1. reinaldo diz:

    Muitas veses estamos desolados sem mesmo vontade de falar e é ai que perdemos a força de orar ou pedir auxílio à Aquele que tudo tem para dar. Quando vejo qualquer tipo de vejetação que foi arrancada do solo, ela está caída, mas um fio da raíz que ficou sob a terra, ela amarela levanta a ponta, como se pedindo socorro a Deus, caso ninguém a move ou tire do lugar ela toma forças e mesmo torta volta viver. Que cada um de nós seres humanos possamos aprender com a natureza
    e ser insistentes na vida, e esquecer das lamúrias.
    Obrigado Senhor por mostrar como devemos agir qundo estamos caido.
    Reinaldo.
    De Curitiba-Pr

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s