Olá meus amigos! Já fazem alguns dias que acordo bem cedo e aproveito o despertar para me colocar em oração. Agora são exatamente 5:00 e há pouco terminei um momento de oração intenso por mim, minha família e por você que precisa de oração. Rezei de forma intensa pedindo a libertação de todos os males, especialmente daquilo que me impede de ser mais de Deus, e a palavra que o Senhor me deu ao final está em Malaquias 3, 13-21. Não irei transcrevê-la na íntegra porém você poderá retomá-la em algum momento do seu dia e fazer um bom estudo com ela.
“Usastes palavras duras comigo, diz o Senhor. Dissestes: ‘Não vale a pena servir a Deus! Que proveito se tira guardando seus mandamentos, ou caminhando amargurado na presença do Senhor? Pois, então,  vamos dar os parabéns aos atrevidos, eles progridem praticando injustiças, desafiam a Deus e acabam salvando-se.’
Mas os que têm o temor do Senhor conversaram cada qual com o companheiro. O Senhor prestou atenção e atendeu. Escreveu-se, então, na presença dele um livro de memórias em favor dos que têm o temor do Senhor e consideram o seu nome. Estes – diz o Senhor dos exércitos -, quando eu resolver agir, serão minha propriedade particular, serei bom para eles assim como um pai é bom para o filho que o serve. Podereis ver novamente a diferença que existe entre uma pessoa justa e uma injusta, entre aquele que tem o temor do Senhor e aquele que não o tem.”
Quem é que não se questionou nesta vida sobre o tratamento de Deus em relação aos que servem a Ele e aos que são infiéis. Quem é que não se perguntou, ou até levou pra frente o questionamento: Porque isso acontece comigo que sirvo a Deus, estou na caminhada e aquele meu vizinho que é tão depravado, viciado, injusto, etc só prospera, cresce na vida? Longe de nós o julgamento mas com os pés no chão é exatamente o que os olhos vêem, porém preciso lhe dizer: Deus vê o coração!
A resposta está nesta passagem.
Se você está desgastado na sua vida de oração, no serviço pastoral, no seu casamento, nos negócios, com os filhos, nos estudos, enfim, você sabe mais que eu, meu querido, minha querida, busque ajuda em Deus, com os irmãos da comunidade, se não tem forças para rezar, peça que alguém reze por você, busque a confissão, a reconciliação, retome a sua vida com todas ou as poucas forças que lhe restam e Deus virá em seu socorro. Se apóie nesta palavra que você acabou de ler pois é a promessa de Deus para você neste dia como está sendo para mim, mas, jamais, repito JAMAIS corrompa o seu coração. Seja fiel até o fim, o Pai lhe recompensará. Esforce-se, gaste as energias, noites de sono e descanso se for preciso, mas não se  deixe envolver por esta nuvem negra, por esta opressão, pelo pecado. Deus lhe concederá os meios, o remédio certo para a sua cura, proverá tudo o que lhe é necessário para a sua salvação. Mais que nos dar coisas, nos aliviar, nos curar, o interesse do Senhor sobre nós é a nossa salvação. Sim, Ele nos dá coisas, nos consola , nos cura,  e fará muito mais se o fim for a nossa salvação. O inimigo quer nos enfraquecer para nos destruir, e destruir a obra de Deus em nós. Não dê ouvidos a ele, não se deixe levar pelo negativo, pela comparação, REAÇÃO é a ordem do Senhor para nós! Seja fiel pois quando Ele resolver agir…
Unida em oração
Eliana Ribeiro

Belos_Olhos_azuisOlá meus amigos! Já fazem alguns dias que acordo bem cedo e aproveito o despertar para me colocar em oração. Agora são exatamente 5:00 e há pouco terminei um momento de oração intenso por mim, minha família e por você que precisa de oração. Rezei de forma intensa pedindo a libertação de todos os males, especialmente daquilo que me impede de ser mais de Deus, e a palavra que o Senhor me deu ao final está em Malaquias 3, 13-21. Não irei transcrevê-la na íntegra porém você poderá retomá-la em algum momento do seu dia e fazer um bom estudo com ela.


“Usastes palavras duras comigo, diz o Senhor. Dissestes: ‘Não vale a pena servir a Deus! Que proveito se tira guardando seus mandamentos, ou caminhando amargurado na presença do Senhor? Pois, então,  vamos dar os parabéns aos atrevidos, eles progridem praticando injustiças, desafiam a Deus e acabam salvando-se.’

Mas os que têm o temor do Senhor conversaram cada qual com o companheiro. O Senhor prestou atenção e atendeu. Escreveu-se, então, na presença dele um livro de memórias em favor dos que têm o temor do Senhor e consideram o seu nome. Estes – diz o Senhor dos exércitos -, quando eu resolver agir, serão minha propriedade particular, serei bom para eles assim como um pai é bom para o filho que o serve. Podereis ver novamente a diferença que existe entre uma pessoa justa e uma injusta, entre aquele que tem o temor do Senhor e aquele que não o tem.”


Quem é que não se questionou nesta vida sobre o tratamento de Deus em relação aos que servem a Ele e aos que são infiéis. Quem é que não se perguntou, ou até levou pra frente o questionamento: Porque isso acontece comigo que sirvo a Deus, estou na caminhada e aquele meu vizinho que é tão depravado, viciado, injusto, etc só prospera, cresce na vida? Longe de nós o julgamento mas com os pés no chão é exatamente o que os olhos vêem, porém preciso lhe dizer: Deus vê o coração!


A resposta está nesta passagem.


Se você está desgastado na sua vida de oração, no serviço pastoral, no seu casamento, nos negócios, com os filhos, nos estudos, enfim, você sabe mais que eu, meu querido, minha querida, busque ajuda em Deus, com os irmãos da comunidade, se não tem forças para rezar, peça que alguém reze por você, busque a confissão, a reconciliação, retome a sua vida com todas ou as poucas forças que lhe restam e Deus virá em seu socorro. Se apóie nesta palavra que você acabou de ler pois é a promessa de Deus para você neste dia como está sendo para mim, mas, jamais, repito JAMAIS corrompa o seu coração. Seja fiel até o fim, o Pai lhe recompensará. Esforce-se, gaste as energias, noites de sono e descanso se for preciso, mas não se  deixe envolver por esta nuvem negra, por esta opressão, pelo pecado. Deus lhe concederá os meios, o remédio certo para a sua cura, proverá tudo o que lhe é necessário para a sua salvação. Mais que nos dar coisas, nos aliviar, nos curar, o interesse do Senhor sobre nós é a nossa salvação. Sim, Ele nos dá coisas, nos consola , nos cura,  e fará muito mais se o fim for a nossa salvação. O inimigo quer nos enfraquecer para nos destruir, e destruir a obra de Deus em nós. Não dê ouvidos a ele, não se deixe levar pelo negativo, pela comparação, REAÇÃO é a ordem do Senhor para nós! Seja fiel pois quando Ele resolver agir…


Unida em oração

Eliana Ribeiro

Anúncios

One response »

  1. julho diz:

    varão tenho medo de orar de madrugada o que eu faço ?
    e de ver algo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s