mulher

Reconhecer quem somos é viver de acordo com a nobreza da vocação

Quem recebe um dom, recebe também a tarefa de cuidar dele e de fazê-lo frutificar. É natural que seja assim. Quando recebemos um vaso com flores, precisamos cultivá-lo para que continue florido.
Da mesma forma, um filho que nasce traz alegria ao lar, mas precisa de cuidados para crescer e tornar-se homem.
Ser mulher é um dom, uma escolha de Deus, que não diminui nem exalta a vocação humana, mas, justamente por ser dom, traz em si a tarefa de corresponder à missão que lhe é confiada.
O saudoso Papa João Paulo II, em sua Carta às Mulheres, diz que pelo simples fato de sermos mulheres, com a percepção que é própria da feminilidade, enriquecemos a compreensão do mundo e contribuímos para a verdade plena das relações humanas.
Enriquecer a compreensão do mundo e contribuir para a verdade das relações humanas é uma tarefa possível para a mulher que acolhe o dom recebido do Criador.
Acredito que a feminilidade, colocada a serviço do mundo, dá um sentido mais suave às realidades duras que a humanidade inevitavelmente enfrenta. Pois é próprio da mulher gerar vida, harmonia e beleza onde está. Também diz do seu instinto amenizar a dor, incentivar, dar conselhos, acolher e lutar por aquilo que acredita. E isso diz da sua natureza, é dom do Criador.
A meu ver, não há como igualar o dom e a tarefa da mulher com o dom e a tarefa do homem, são realidades profundamente distintas e igualmente enriquecedoras para o desenvolvimento sadio da sociedade, mas uma não substitui nem se iguala à outra.
Reconhecer e assumir essa realidade já é um grande passo para a realização plena de cada um como pessoa criada e amada por Deus. Essa atitude gera gratidão – e quanto mais gratos nos sentimos, tanto mais podemos colaborar com o projeto de Deus, tanto em nossa vida, como na vida dos outros.
Acredito que a gratidão expressa pode ser um bálsamo para aliviar muitas dores. João Paulo II, que sempre exaltou a dignidade da pessoa humana, expressou seu reconhecimento e gratidão às mulheres de todo mundo, na sua carta escrita e publicada em 1995. Suas palavras revelam o dom e apontam a nobre tarefa feminina; parece-me oportuno revê-las:
“Obrigado a ti, mulher-mãe, que te fazes ventre do ser humano na alegria e no sofrimento de uma experiência única, que te torna o sorriso de Deus pela criatura que é dada à luz, que te faz guia dos seus primeiros passos, amparo do seu crescimento, ponto de referência por todo o caminho da vida.
Obrigado a ti, mulher-esposa, que unes irrevogavelmente o teu destino ao de um homem, numa relação de recíproco dom, ao serviço da comunhão e da vida.
Obrigado a ti, mulher-filha e mulher-irmã, que levas ao núcleo familiar, e depois à inteira vida social, as riquezas da tua sensibilidade, da tua intuição, da tua generosidade e da tua constância.
Obrigado a ti, mulher-trabalhadora, empenhada em todos os âmbitos da vida social, econômica, cultural, artística, política, pela contribuição indispensável que dás à elaboração de uma cultura capaz de conjugar razão e sentimento a uma concepção da vida sempre aberta ao sentido do mistério.”
Reconhecer quem realmente somos e viver de acordo com a nobreza da vocação que recebemos pode ser a forma mais original de celebrar o dom e a tarefa de ser mulher.

Dijanira Silva
dijanira@geracaophn.com
Missionária da Comunidade Canção Nova, em Fátima, Portugal Trabalha na Rádio CN FM 103.7

Anúncios

4 responses »

  1. cida lima diz:

    boa tarde a todas as mulheres que fazem parte desse grupo, parabéns pela luta e coragem. moro no interior da paraiba e estamos resgatando nosso grupo e gostariamos muito de receber de vcs da canção nova algumas informações para levantar nosso grupo aguardo resposta.obrigado.aparecida livramento pb.

    • gojaguaviva diz:

      Oi Cida a paz de Jesus e o Amor de Maria!!
      Primeiro queria parabeniza-la pela iniciativa de resgatarem, como vc falou, o GO, é muito bom e certamente foi Deus que plantou no coração de vocês esse desejo, vamos rezar por vocês.
      Preciso esclarecer também que não somos da Canção Nova, somos um Grupo de Oração Jovem da Renovação Carismatica Católica.
      O que posso de momento fazer por vocês é indicar o site da RCC da Paraiba: http://rccpb.com.br/portal/
      Aqui vcs vão conseguir entrar em contato com o lideres, e mesmo buscar material para formação.
      Oração e formação sempre Cida, um servo bem formado e de oração é chave para que um grupo caminhe bem e alcance seu objetivo de fazer com que cada dia mais pessoas tenham a experiencia do encontro pessoal com Jesus através do batismo no Espirito Santo
      Não sei se ajudei muito Cida, se precisar d emais alguma coisa entre em contato novamente
      Em oração por vcs, fiquem com Deus e que Maria passe na frente!!!

    • Petonia diz:

      olá queridas irmãs pois se somos filhas de Deus nada mais somos do que irmã.me chamo Petonia moro em Wanderlandia to e fasso parte do grupo de oraçao que estamos criando estou muito feliz e quero me integrar profundamente. se for possivel nos ajude a crescer enviando informaçoes

      • Alzira A. Silvério diz:

        Então como ja respondi a Cida vcs podem estar buscando informações aqui : http://rccpb.com.br/portal/
        E uma dica que posso dar a vcs é não desistir mesmo diante das dificuldades, perseverem sempre, orem e busquem formação e Deus fara o que vcs não podem
        Abraço fiquem com Deus!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s