1280bcdc69

 

Falar de amor nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais quando se tem varias interpretações sobre o sentido da mesma palavra. Tão conhecido e tão incompreendido, assim é o amor. Cada indivíduo possui suas características próprias como aparência, humor, forma de pensar e agir, cada qual tão individual em cada pessoa, talvez por isso o amor tenha significados diferentes para cada tipo de pessoa. O que frequentemente acontece é que estamos ludibriados com um conceito de amor que nos é transmitido através dos filmes e novelas, neles tudo é perfeito. É incrível como até as histórias mais trágicas de amor nos emocionam e nos levam por um instante a querer vivenciar uma experiência semelhante. Desta forma vamos rotulando dentro de nós um amor que nem sempre é o amor que sentimos, queremos que nossos relacionamentos sejam iguais aos contos de fadas, e é aí que muitas vezes acabamos nos machucando.

Se somos naturalmente diferente uns dos outros é porque Deus nos quis assim, já pensou se todos fossemos iguais em tudo? Que graça teria a vida se é nas diferenças que encontramos sabores diferentes para construir nossa história. Antigamente falar em amor era algo extremamente sério, os enamorados primeiro sonhavam um com o outro, depois com muita timidez conversavam e enfim, com o consentimento dos pais, pegavam na mão um do outro, beijo era algo que acontecia escondido ou após os dois estarem por um bom tempo juntos. Hoje as formas de se aproximar encurtaram-se bastante, infelizmente as pessoas já estão beijando antes de perguntar o nome da outra pessoa. Isso faz com que relacionamentos precoces e imaturos cresçam cada vez mais. Antigamente não era a demora e o conservadorismo das famílias que era importante, mais sim a forma em que as pessoas se conheciam. Ambos passavam por um processo de espera o que nos edifica e nos leva a refletir sobre o que realmente vamos fazer, sem agir por mero impulso de desejos. Após esta espera as pessoas se conheciam, o namoro servia para que uma grande amizade surgisse e as duas pessoas cultivassem um relacionamento sadio, aberto e verdadeiro. Podemos achar que isso tudo é bobeira e que tantas formalidades tiravam o prazer de se relacionar com o outro, no entanto esta fórmula passada foi a que gerou a maioria de nós e o fruto disso são relacionamentos que permanecem até hoje.

Não estou aqui defendendo que as coisas têm que voltar a ser como eram antigamente, mais estou querendo dizer que se o romantismo se perdeu se a fidelidade já não tem mais o mesmo significado, se o amor já não é mais levado a serio é porque nós assim permitimos. Não dominamos mais nosso sentimento e vamos na onda do que o mundo nos diz que o que importa é ser feliz. Deus sonha com uma vida feliz sim para os seus filhos, porem uma felicidade verdadeira, e se o que chamamos de amor hoje é verdadeiro porque há tantos corações feridos, outros desaprenderam o que amar e outros ainda desistiram do amor, pois o julgam um sentimento cruel ao invés de um dom que provem de Deus. Saibamos em primeiro lugar que Deus é amor e todo o amor consiste no amor de Deus seja este amor da forma que for, assim todas as vezes que amarmos terá que ser da forma que Deus nos ama, com respeito, doação e fidelidade. Não importa quantos significados a palavra amor possa ter, seja você quem for tenha coragem de amar, seja feliz mais não interprete o amor como uma brincadeira mais sim como o maior sentimento de todos, “o amor tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta […] Por ora subsistem a fé, a esperança e o amor – dos três, porém, o maior deles é o amor” (1Cor 13 – 7;13).  

 

Henrique de Paula
hik_dp@hotmail.com

 

Anúncios

One response »

  1. debora diz:

    sujeito é aquele que é provocado pela ação e predicado é o que provoca!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s