Me sinto em espaço vazio, pobre… onde há lugar para todos que quiserem se achegar, lugar para o tudo e para todos e que seja bem vindo o que virá; desde que não tente num olhar dominador, aos poucos, sutilmente e bem aos pouco, me dominar…
Sou vento, buscando luz do Vento; nuvem buscando sombra, silêncio buscando paz… Sou um coração que só Deus consegue abraçar; pois sou apenas um vazio grande, um abraço eterno que quer continuar…
Minha alegria mora tão perto da dor que já não sei se… se casamos alegria com a dor se não vira… amor!!!
Quero ter um coração capaz de amar sem medida e ser assim por toda a vida; quero que ele não se cale quando tentarem calá-lo pela insegurança de verem um coração que pulsa até no lado de fora… Há invejas que ferem… e outras que matam…
Quero ter um coração que tenha coragem de sentir saudade; e quando ela chegar que ele a abrace como se sentindo que a ausência é a lembrança do amor suave e eterno que gerou a presença!
Quero ter um coração que não viva só para si; pois um coração assim morre afogado em seu próprio pulsar… Aliás, ele não pulsa… soluça de incômodo diante da vida…
Quero ter um coração manso… inabalavelmente manso… até que ele próprio mande brilho de eternidade ao meu olhar e jamais eu duvide que Deus se alegra em me ver viver: silenciosa…
Quero ter um coração que canta o que nunca foi cantado… um coração que canta o que um dia Alguém me en/cantou ou que… canta o silêncio do que o Vento do céu levou…
Quero ter um coração poeta da sinceridade, porque tudo que não nasce na verdade morre no caminho, tentando escondê-la.
Quero ter um coração amante, que ama… e quando cansa, ama pra descansar. Porque amor é o descanso do amor e só quem ama sente falta e a falta é a mais doce e sincera lembrança da presença.
Quem dera sentir falta de todos que conheci nesta vida…
Seria sinal de amor por todos…
Quem esqueci, nunca amei; só me esbarrei e se foi o essencial.
Para mim, o amor é eterno, mesmo na distância, pois… a distância de quem se ama é um sinal de confiança, a distância de quem não se ama é sinal de indiferença… e isso é tíbio, resto, morno…
O gosto de Deus não comporta o morno… como posso eu??
Quero ser um coração… E quando ele chegar em mim vou perceber que tornei a começar…
 

Ziza Fernandes

Anúncios

One response »

  1. Helo.. ;D diz:

    Estou amando essa pagina de voces…
    Nao sou de comentar, mas depois desse texto… Uauu!
    Sem palavras mesmo, descreve muito bem sobre o amor, o amar..
    Não me recordo de ter lido algo tao lindo e sincero sobre esse sentimento do amor, o amar… estou impressionada.
    Mas quero ter um coração assim.. e sei que Deus opera a cada dia nisso! Beijo pra vcs… que vcs continuem levando a Palavra Divina pra todos..

    ^^

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s