…coração na boca, peito aperto, vou sangrando…
Tem dias que é necessário admitir: é necessário sangrar… Se até hoje protegemos nossas feridas e inflamações com medo do toque alheio, medo que pudessem sangrar e até mesmo doer, hoje precisamos compreender que para que seja sarado, é necessário que sangre, é preciso que doa até que a dor nos mostre a superação da nossa limitação caracterizada naquela inflamação…
Nossa humanidade frágil corre o risco de trazer consigo espinhos que para saírem é necessário que inflame. E essa inflamação é que vai buscar colocar para fora o espinho que tem nos incomodado, e tudo isso vai doer, sim. Nesse processo irão existir palavras que chegam até nós como agulhas, pontiagudas, e quando se encostam àquilo que nos dói, nos dá vontade de sair correndo, tomados pelo impulso humano de evitar o sofrimento, evitar a dor, mas se permanecermos poderemos notar como aquele sofrimento, daquele momento, fez com que o espinho que havia em nós comece a ser retirado: palavras que fazem vazar em nós as nossas infecções.
Nem sempre nosso sofrimento espera palavras de consolo… Às vezes o que realmente a gente quer é que alguém não tenha medo de nos olhar do avesso, que tenha coragem de adentrar as paredes do nosso intelecto e procurar lá dentro o que tem desfigurado nosso sorriso. E as pessoas que poderão fazer isso são aquelas que realmente nos amam… Porque quando a gente ama, não tem medo de olhar além do que o retrato mostra, pelo contrário, quer ver através da imagem… Ah, e como é bom ser amado, sentir que você pode ser descoberto de um jeito novo toda vez que é olhado por quem te ama…
Vamos sangrando… Não podemos mais ter medo de sangrar… Deus quer alcançar o mais profundo que há em nós, mas Ele conta com nossa decisão de permitir esse acesso, esse livre acesso de Deus. E para Deus alcançar nossas feridas, nós precisamos limpar por fora, tirar a infecção… Sangrar os excessos.
Deixa sangrar… Quer ser curado? Deixa sangrar… Há muito pra ser mudado dentro de cada um… Há muito pra ser tocado… Há muito pra sair… Deixa sangrar…
Você vai encontrar pessoas que te amam de fato e que não terão medo de te ajudar a limpar tudo depois… Que não terão medo de permanecer contigo enquanto seus olhos transpassam os limites, enquanto teu coração transborda, enquanto você sangra…
Deixa Deus cuidar dos segredos mais íntimos do teu coração, deixa Ele cuidar das tuas saudades… Deixa Deus cuidar das suas feridas… E preste atenção, talvez Ele esteja fazendo isso através de quem está vivendo ao seu lado… Especialmente se essa pessoa não está falando o que você tem vontade de ouvir e sim falando o que só quem ama é capaz de dizer!

 

Dayane Filakoski

 

Anúncios

2 responses »

  1. Thais diz:

    Só queria dizer q amei esse seu texto sobre o coração que precisa sangrar. Até peço a sua permissão para coloca-lo no meu orkut e no meu blog. Em nome de quem coloco os créditos? Boa noite, Deus te abençoe!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s